Translate

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

As boas ideias - Mostrar a cultura Iraniana mundo a fora

As boas ideias sempre movimentaram o mundo. Muitas dela são notáveis até nos dias atuais. Mas uma idéia bacana quem teve foi uma família Iraniana, onde botaram o pé na estada para mostra a cultura persa mundo a fora. Para quem não conhece muito bem o assunto sobre a cultura persa, segue uma explanação rápida.
Pérsia (do latim Persia), é oficialmente admitida como um sinônimo para Irã, embora esta última tenha se tornado mais usual no Ocidente, depois de 1935.
O país sempre foi chamado "Irã" (Terra dos Arianos), pelo seu povo, embora durante séculos tenha sido referido pelos europeus como Pérsia (de Pars ou Fars, uma província no sul do Irã) principalmente devido aos escritos dos historiadores gregos. Em 1935 o governo especificou que o país deveria ser chamado Irã; entretanto, em 1959 ambos os nomes passaram a ser admitidos.
No uso corrente, o termo Pérsia costuma ser reservado para referir-se ao Império Persa em uma ou mais de suas diversas fases históricas (século VII a.C.–1935 d.C.), fundado originalmente por um grupo étnico (os persas) a partir da cidade de Anshan, no que é hoje a província iraniana de Fars, e governado por dinastias sucessivas (persas ou estrangeiras), que controlavam o planalto Iraniano e os territórios adjacentes.
A família viaja o mundo em um van onde estampa a mensagem "O Irã é grande". Cristian Ivan, o pai romeno, explica por que ele acha que o Irã é um dos melhores países do mundo. Ao estacionar do lado de fora do Museu da Ciência, no centro de Londres, fizeram com que fosse acionado um alerta de segurança levando a evacuação do edifício e fechamento de estradas próximas. 
Mas este lamentável incidente não desanimou os viajantes, com mais entusiasmos continuaram sua jornada, tendo como missão principal “Nossa missão durante a turnê é:
- Melhorar a imagem do povo iraniano e do seu país;
- Aumentar o turismo para o Irã;
- Aumentar a consciência de que o Irã é um país com um potencial turístico, cultural e histórico e desmistificar o fato de que o Irã é um chamado "terrorista" ou país árabe”.
Fontes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário