Translate

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Piquenique Iraniano em São Paulo

Fonte: Chá de Lima da Pérsia
Fazer um piquenique é uma forma de descontração para a vida tão corrida que se leva nas grandes cidades, ainda mais quando é feito sob o lema de juntar duas culturas diferentes no caso Brasileira e Iraniana.
Foi o que aconteceu com um grupo de amigos em São Paulo que juntos realizaram o primeiro piquenique Iraniano. O encontro ocorreu em 25/01 de 2015, a reunião teve mais que motivos justos, pois na ocasião se comemorava o aniversário do Blog Chá de Lima da Pérsia, ( onde tem uma grande quantidade de informações sobre a cultura Pérsia ou cultura do Irã).
O certo é que neste ano, a festança do 2º Piquenique Iraniano dos Amigos da Pérsia volta a acontecer em 10 de abril, a noticia foi publicada no Blog Chá de Lima da Pérsia, e aproveitando a ocasião, anunciamos também este evento que de certa forma nos sentimos envolvidos, pois com certeza divulga uma das culturas mais antigas da história e também admiradas por nós do Colinas.
Fonte: Chá de Lima da Pérsia
Participara de um piquenique Iraniano no Brasil, com certeza é uma oportunidade única, pois primeiro que, só vai ocorrer uma vez no ano, de acordo com o projeto deste grupo e segundo é, saborear as delícias da culinária Iraniana.
Mas o que deve se levar em um piquenique iraniano no caso deste em São Paulo? De acordo com a publicação da Janaína, o mais comum é: Pão lavash, pão libanês, geléia de damasco (deve ser uma maravilha), frutas, sucos e doces.
Quem pode participar? Qualquer pessoa que admira a cultura persa e quer conhecer um pouco dos costumes do Irã.
O que levar para o piquenique? Aos interessados em participar, podem levar: Bebidas, que no caso acredito ser água, refringentes, pois bebida alcolicas é até mesmo proibida no Irã, por mais que este evento seja no Brasil, mas acredito que não seria legal o visitante chegar lá com uma bebida forte. Pode-se levar também, frutas, doces salgados, gelo, toalhas e utensílios descartáveis.

Quem for ao evento terá a oportunidade de conhecer a moça do chá, a Janaína Elias, a Karla Mendes, uma admiradora incansável da cultura persa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário