Translate

quarta-feira, 22 de junho de 2016

QESHM A MAIOR ILHA DO IRÃ

Aos turistas brasileiros que estão planejando a viagem ao Irã, neste post mostraremos mais um local indicado aos viajantes, vamos falar da cidade de Qeshm que é uma ilha situada no estreito de Ormuz a sul da costa do Irão, a este do Golfo Pérsico.
Esta é a maior ilha do Irão e a maior do Golfo Pérsico. Tem uma área de 1500 km² e quase 136 km de comprimento, neste lugar você pode desfrutar de vários atrativos naturais e históricos, bem como os costumes tradicionais das pessoas que ali vivem.
Se em todo o irã as pessoas são afáveis e acolhedoras a população de Qeshm, não fica para trás, existem varias casas de famílias em diferentes partes da ilha, a qual é muito grande, possuindo um total de 59 cidades e aldeias.
O turismo rural é o principal tipo de turismo em Qeshm Island, Turismo rural ou agroturismo é uma modalidade do turismo que tem por objetivo permitir a todos um contato mais direto e genuíno com a natureza, a agricultura e as tradições locais, através da hospedagem domiciliar em ambiente rural e familiar.
Esta modalidade de turismo visa agregar renda aos moradores de uma determinada localidade, e ajudando a mesma a permanecer em sua região, assiste-se ao desenvolvimento do turismo em espaço rural, constituindo-se estas como um meio privilegiado de promoção dos recursos existentes nos territórios rurais, um fator de revitalização do tecido econômico e social e uma oportunidade para o desenvolvimento destes territórios.
O turismo no espaço rural constitui uma atividade geradora de desenvolvimento econômico para o mundo rural quer por si só, quer através da dinamização de muitas outras atividades económicas que dele são tributárias e que com ele interagem.
Na vila de Kani, localizado na maior parte ocidental da ilha existe a mais longa caverna de sal do mundo.
As famílias acolhem os turistas oferecendo gastronomia e artesanato tradicionais da localidade.
Devido à dispersão das atrações turísticas da ilha, o turismo rural abrange o turismo natural, costeiro e marítimo e histórica.
As casas de família localizadas dentro ou fora de aldeias, que estão perto de locais históricos e turísticos, deve ser habilitada, para receberem os turistas, isso quer dizer o seguinte, estas famílias tem todo uma preparação afim de receberem os turistas.
Para o diretor do escritório da ilha são oferecidos vários cursos sobre o principal do ecoturismo, que é a preservação da cultura local, e alertar sobre anomalias sociais causados pelos turistas.
Através do estabelecimento de casas de família, as aldeias também se beneficiam com o turismo, o que ajuda a economia local, como foi dito no inicio do post as pessoas desta ilha são muito amáveis e honestas e o turismo significa muito para esta aldeia, pois garante uma rentabilidade e os costumes também da população.
Fonte: tehrantimes e wikipedia.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário