Translate

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Visto de turismo pode ser emitido por 3 meses nos aeroportos Iranianos



Boa notícia para os turistas brasileiros, o visto para o Irã agora pode ser emitido nos aeroportos das principais cidades, por 3 meses, esta decisão das autoridades persa se deve ao aumento do número de visitantes estrangeiro nos últimos meses. Para impulsionar o comércio do setor turísticos, governos e empresas se unem com a finalidade de atraírem cada vez mais pessoas com vontade de conhecer novos horizontes. E o Irã tem tudo o que um viajante deseja, história milenar, cidade moderna como Teerã, cidade bonita como Isfahan, cidade antiga como Persépolis e, sem falar na recepção incomparável dos Iranianos.
Conhecer o Irã, é submergir em uma das culturas mais antigas da humanidade, conhecidas por todos, como o império persa. 
Teerã
Quando se viaja ao Irã, a primeira porta de entrada é Teerã, capital do país, que não é a cidade mais bonita, mas merece ser explorada, primeiro por que é, como já foi falado, a porta de entrada.


  
 E depois porque, o local oferece diversos atrativos entre eles estão o Complexo do  Palácio Golestão (que reúne uma série de lindos edifícios erguidos ao redor de um jardim durante a dinastina Qajar), o Teatro Shahr (aberto em 1968, com um interessante formato circular e um dos melhores lugares para ver apresentações artísticas em todo o país) e, lógico, o Bazar de Teerã, um dos melhores lugares para comprar produtos típicos na cidade.
O turista também pode conhecer a cidade de Isfahan que esta localizada a uma distancia de 340 quilômetros de Teerã e sendo a terceira maior metrópoles do país dos aiatolás, segundo um jornal do brasil, a cidade vale cada minuto gasto para conhece-lá, ou investido. Esta cidade foi a capital da Pérsia durante o Império Safávida, entre os séculos 16 e 18, e hoje possui monumentos como Maidan-e Naqsh-e Jahan Isfahan tem uma das praças mais lindas do Irã, construída entre os séculos 16 e 17 e considerada Patrimônio Mundial pela Unesco. Lindos palácios e mesquitas também fazem parte da paisagem local, com destaque para a mesquita Mohammed Jafar Abadei (do século 18) e a mesquita Sheikh Lotfollah. O bazar de Isfahan, por sua vez, é um ótimo lugar para comprar os famosos carpetes iranianos.

Tabriz
Na viagem ao Irã, deve se conhecer também, Tabriz, onde se o viajante estiver vindo por terra da Turquia, esta cidade é o ponto de partida perfeito para se começar um tur pelo Irã. A cidade se encontra a noroeste do Irã, bem perto da fronteira turca, e oferece atrações interessantes, e um deles é o Mausolé dos Poetas, que abriga os túmulos de alguns dos maiores célebres poetas da cidade, conhecida como um celeiro desse tipo de artistas. Podem ser encontrados os tão famosos escritores como:  Qatran Tabrizi (1009-1072) e o Shahriar (1906-1988), um dos mais famosos poetas iranianos do século 20. O bazar de Tabriz, por sua vez, é outro desses atmosféricos lugares do Irã onde vale a pena passar horas buscando produtos típicos dentro de uma estrutura considerada Patrimônio Mundial pela Unesco.

Shiraz
Pode conhecer também Shiraz, que foi um dos centros da cultura persa por mais de 2.000 anos. Atualmente, a cidade contém algumas das mais lindas mesquitas, muitos monumentos históricos e sem falar nos bonitos jardins. Em Shiraz esta o túmulo de Hafez, segundo alguns entendidos no assunto, talvez este seja o mais famoso persa da história, morreu em 1390 d.C, mas até hoje pe venerado fervorosamente pelos Iranianos. Uma indicação de visita é a mesquita Nasir al-Mulk, que foi construída entre 1876 e1888, conhecida como a "Mesquita Rosa", que possui seu interior mais linda de todo o Oriente Médio. Shiraz é um local onde turistas do mundo todo se reúnem para conhecer ao mais famoso sítio arqueológico do Irã: Persépolis, que fica a 70 quilômetros de distância.

Persépolis

 Persépolis foi a Capital cerimonial do império Aquemênida, começou a ser erguida ao redor de 515 antes de Cristo. Patrimônio Mundial da Unesco desde 1979, o local possui monumentos das épocas dos reis Dario 1º, Xerxes 1º e Artaxerxes 1º - e é um dos melhores lugares para admirar toda a imponência e sofisticação da cultura persa (que orgulha os iranianos até hoje). Entre as visões mais interessantes da área estão as ruínas do Portão de Todas as Nações (também conhecido como Portão de Xerxes), que foi construída a mando de Xerxes 1º no século 4 a.C. e que é uma das mais impressionantes estruturas de Persépolis. O que resta do Palácio Apadana, feito sob ordens de Dario 1º, é também uma das paisagens mais inesquecíveis do sítio arqueológico.
A dica de turismo foi dada, agora basta botar o pé na estrada e viajara para lá, aproveitando as facilidades, segundo noticiando no site da Embaixada do Irã em Brasília-DF, o Sr. vice presidente e o chefe da Organização do Turismo, disse que os cidadão de 190 Paíse poderão receber o visto de turismo nos aeroportos. 
A autoridade acrescentou que a facilidade da emissão de vistos aos turistas é medida importantíssima para o crescimento da indústria do turismo, o visto é emitido em 9 aeroportos sendo eles: Ikia (Tehran), Shiraz, Isfahan, Mashhad, Tabriz, Bandar Abbas, Larestan, Kish e Ilhas Qeshm, Instalações estão sendo preparadas para atenderem turistas nos aeroportos de Orumiyeh, Ahvaz, Yazd,e também em Teerã  no aeroporto de Mehrabad .

3 comentários: